Clique e assine a partir de 9,90/mês

Inadimplência de empresas recua em agosto, aponta Serasa

Dívidas com cartões de crédito, financeiras, lojas e prestadoras de serviço sobem 6,2% em comparação a 2012

Por Da Redação - 24 set 2013, 12h59

O Indicador de Inadimplência das Empresas recuou 3,5% em agosto ante julho, nos dados da Serasa Experian, divulgados nesta terça-feira. Na comparação com agosto do ano passado, a queda foi de 0,7%. Contudo, no acumulado do ano até agosto a inadimplência das empresas avançou 1,4% em relação a igual período de 2012.

“Sofrendo menor inadimplência na ponta do consumo, as empresas conseguem honrar de forma mais efetiva seus compromissos, em que pese o encarecimento dos custos financeiros devido à atual conjuntura de elevação das taxas de juros”, apontam os analistas do Serasa.

De janeiro a agosto, as dívidas não bancárias (com cartões de crédito, financeiras, lojas e prestadoras de serviços como telefonia, energia e água) tiveram valor médio de 813,90 reais, alta de 6,2% ante igual período de 2012. Na mesma base de comparação, as dívidas com bancos registraram valor médio de 5.068,35 reais, baixa de 3,9%.

Quanto aos títulos protestados, o valor médio foi de 2.050,71 reais, avanço de 5,3% sobre igual acumulado de 2012. O valor médio dos cheques sem fundos foi de 2.461,93 reais, alta de 10%.

Continua após a publicidade

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade