Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Importação brasileira de etanol cairá 66% em 12/13

SÃO PAULO, 12 Abr (Reuters) – A importação brasileira de etanol na temporada 2012/13 foi estimada em 500 milhões de litros, queda de 66 por cento ante o ciclo anterior, estimou União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica) nesta quinta-feira.

Essa queda nas compras brasileiras na safra 12/13, que começou em abril no centro-sul, principal região produtora de cana do país, ocorre em meio a uma recuperação na produção.

Na temporada anterior, o volume importado foi de 1,5 bilhão de litros, um dos maiores da história, em meio à quebra de safra de cana do centro-sul do Brasil por conta de adversidades climáticas e investimentos insuficientes na renovação dos canaviais.

A produção total de etanol na região centro-sul, que responde por cerca de 90 por cento da moagem de cana do país, foi prevista nesta quinta-feira em 21,5 bilhões de litros em 12/13, contra os 20,5 bilhões de litros da temporada anterior.

A Unica estimou ainda uma redução na exportação de etanol do centro-sul para 1,7 bilhão de litros em 12/13, contra 1,85 bilhão de litros em 11/12.

Já a exportação de etanol do Brasil deverá ficar em 2 bilhões de litros, estável ante a temporada passada.

Segundo a Unica, 50 por cento do que o Brasil exportou em 11/12 foi direcionado aos EUA.

Mas neste ano a entidade aposta que o volume vendido aos EUA pode aumentar, considerando as vantagens que o biocombustível brasileiro, considerado avançado, tem em relação ao de milho.

O importador dos EUA, mesmo pagando mais pelo etanol de cana, tem comprado mais o biocombustível avançado para cumprir uma meta mandatória determinada para cada tipo de combustível nos EUA.

(Reportagem de Fabíola Gomes)