Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Imóvel comercial do Banco Santos vai a leilão com até 40% de desconto

Leilão da mansão de Edemar Cid Ferreira segue aberto para lances, com valor a partir de R$ 35 milhões

O leilão do prédio comercial do banqueiro Edemar Cid Ferreira, ex-dono do Banco Santos, vai para o segundo leilão com 40% de desconto. O valor inicial era de 50 milhões de reais e agora pode ser arrematado por 30 milhões de reais. O pregão está marcado para o dia 18 de maio.

Além do imóvel comercial, o leilão da mansão do ex-banqueiro, localizada no Morumbi, continua aberto para lances a partir de 35 milhões de reais.  A unidade residencial pode ser arrematada no dia 15 de maio. As primeiras três tentativas de venda da mansão acabaram sem interessados.

Instalada em terreno de 12.000 m², a residência tem 4.500 m² de área construída e inclui facilidades, como duas piscinas – uma coberta e outra ao ar livre -, uma adega com 5.000 garrafas de vinho, duas bibliotecas (com coleção de livros de arte incluída) e vista panorâmica da cidade, com os páreos de domingo do Jockey Club de São Paulo em primeiro plano.

 

Os imóveis serão vendidos para sanar dívidas com credores da massa falida do Banco Santos, que somam mais de 2 bilhões de reais. A falência da instituição financeira foi decretada em 2005 pelo Banco Central. Edemar Cid Ferreira foi condenado a 21 anos de prisão por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, mas acabou absolvido em 2016.

Os bens estão disponíveis para lances pelo site do Superbid Judicial (www.sbjud.com.br) e o leiloeiro oficial responsável pela venda é Renato Moysés.