Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

IIF lança comitê para lidar com crises

Por Da Redação 7 jun 2012, 14h38

Por Danielle Chaves

Copenhague – O Instituto para Finanças Internacionais (IIF, na sigla em inglês) anunciou que está formando um comitê para formular meios de resolver futuras crises de dívida soberana, enquanto a zona do euro se esforça para lidar com seus problemas há dois anos. Durante o encontro Spring Membership, em Copenhague, o diretor-gerente do IIF, Charles Dallara, confirmou que deixará o cargo no fim deste ano.

O novo comitê do IIF será copresidido por Thomas Wieser, que atualmente chefia o grupo de trabalho permanente dos ministros de finanças da zona do euro, e Jean Lemierre, do BNP Paribas, que participou da negociação para reestruturação da dívida da Grécia. Hans Humes, que é um dos diretores do comitê, afirmou que construir um mecanismo de reestruturação de dívida soberana sob os auspícios de uma organização independente ou outra entidade de coordenação fará parte do trabalho do comitê.

“Nós precisamos aprender as lições da crise grega e das crises de dívida soberana da zona do euro para contribuir para melhorias importantes no gerenciamento de crises. A meta do comitê será desenvolver propostas concretas para aumentar a prevenção a crises e as práticas de resolução”, disse Dallara no evento.

O atual presidente do IIF afirmou que ainda é cedo para começar a se despedir do cargo. “Mas não estenderei o meu mandato além de outubro de 2012”, declarou, admitindo, porém, que poderá continuar atuando por alguns meses depois disso para garantir uma transição tranquila. Ontem duas autoridades do IIF haviam informado à Dow Jones que Dallara deixaria o cargo.

Dallara dirige o IIF, que é um grupo industrial que representa mais de 450 empresas financeiras de todo o mundo, desde 1993. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade
Publicidade