Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

IGP-DI retoma inflação em janeiro por atacado

Por Da Redação 8 fev 2012, 07h52

SÃO PAULO, 8 Fev (Reuters) – O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) voltou a subir em janeiro, revertendo a deflação vista em dezembro, com todos os subíndices registrando alta nos preços.

O IGP-DI subiu 0,30 por cento em janeiro, ante queda de 0,16 por cento em dezembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

Analistas consultados pela Reuters previam inflação de 0,32 por cento, segundo a mediana de 16 previsões.

Em janeiro de 2011, o IGP-DI tinha avançado 0,98 por cento. Em 12 meses, o índice acumulou alta de 4,29 por cento.

O Índice de Preços por Atacado-Disponibilidade Interna (IPA-DI) -que calcula os preços de bens agropecuários e industriais nas transações comerciais em nível de produtor e responde por 60 por cento do IGP-DI- teve variação positiva de 0,01 por cento, ante queda de 0,55 por cento em dezembro.

Destaque para o salto de 8,88 por cento nos preços do milho em grão, após recuo de 4,90 por cento em dezembro. Os custos da soja em grão subiram 3,74 por cento em janeiro, revertendo a deflação de 1,88 por cento no mês anterior.

O Índice de Preços ao Consumidor-Disponibilidade Interna (IPC-DI) -que mede a evolução dos preços às famílias com renda entre 1 e 30 salários mínimos mensais e que corresponde a 30 por cento do IGP-DI- acelerou a alta em janeiro a 0,81 por cento, frente à taxa de 0,79 por cento no mês anterior.

Continua após a publicidade

Nesse subíndice, os preços de curso de ensino superior saltaram 6,70 por cento, ante estabilidade em dezembro. A tarifa de ônibus urbano também pesou, com alta de 2,60 por cento, contra variação positiva de 0,02 por cento.

O núcleo do IPC-DI, no entanto, desacelerou a alta, registrando inflação de 0,37 por cento em dezembro, ante 0,62 por cento.

Representando 10 por cento do IGP-DI, o Índice Nacional de Custo da Construção-Disponibilidade Interna (INCC-DI) avançou 0,89 por cento em janeiro, acelerando em relação à alta de 0,11 por cento de dezembro.

O movimento foi puxado principalmente pelo aumento nos custos com ajudante especializado (+1,32 por cento em janeiro, ante estabilidade em dezembro) e servente, com avanço de 1,35 por cento, contra estabilidade em dezembro.

O INCC-DI é um indicador econômico que mede a evolução de custos na construção civil.

O IGP-DI é usado como referência para correções de preços e valores contratuais, sendo o indexador das dívidas dos Estados com a União. O índice também é diretamente empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB) e das contas nacionais em geral.

(Por José de Castro)

Continua após a publicidade
Publicidade