Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ibovespa encerra semana com baixa de 2,77%

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO, 23 Mar (Reuters) – O principal índice da Bovespa encerrou a semana com recuo de 2,77 por cento, em meio a dados negativos da economia chinesa. Nesta sexta-feira, o índice ficou praticamente estável, com as blue chips influenciando negativamente e as de varejo evitando um recuo maior.

O Ibovespa fechou esta sexta-feira com variação negativa de 0,02 por cento, a 65.812 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 6,13 bilhões de reais.

Em Nova York, o índice Dow Jones subiu 0,27 por cento, enquanto o S&P 500 teve alta de 0,31 por cento.

Nos Estados Unidos, foi divulgado um novo dado abaixo do esperado, com as vendas de casas novas caindo 1,6 por cento em fevereiro, para uma taxa anual sazonalmente ajustada de 313 mil unidades. Economistas consultados pela Reuters previam que as vendas atingissem 325 mil unidades em fevereiro.

“Os dados de hoje nos Estados Unidos não foram conclusivos e o mercado ficou de lado. Mas internamente, as vendas de varejo vieram fortes e ajudaram as ações de varejistas”, afirmou Flávio Serrano, economista-sênior do Espírito Santo Investment Bank.

As vendas no varejo no Brasil subiram mais do que o esperado em janeiro, subindo 2,6 por cento ante dezembro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Lojas Renner subiu 3,08 por cento, a 64,60 reais, enquanto Lojas Americanas teve ganhos de 2,9 por cento, a 17,39 reais.

Sobre o comportamento da Bovespa na semana, Serrano lembrou de novos dados da China indicando uma desaceleração econômica do país, o que influenciou em ações importantes no Ibovespa.

“Os dados da China pesaram bastante em ações de mineradoras e de siderúrgicas, mas a bolsa já vinha de um movimento forte nos últimos dias, então também houve uma correção”, ressaltou.

O maior destaque negativo foi OGX, recuando 4,53 por cento, a 16,22 reais. A empresa informou que teve prejuízo de 509,8 milhões de reais em 2011, e que vai perfurar 26 poços em 2012, ante 19 poços originalmente previstos .

No mesmo setor, a ação preferencial da Petrobras caiu 0,42 por cento, a 23,70 reais. Em mineração, a preferencial da Vale cedeu 0,22 por cento, a 40,51 reais.

Brasil Foods retrocedeu 1,78 por cento, a 35,90 reais, após a companhia reportar redução no lucro no último trimestre, para 121 milhões de reais, ante 360 milhões de reais no mesmo período de 2010 .