Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

IBGE aumenta previsão de safra para 2013

O instituto acrescentou 2,2 milhões de toneladas de grãos em sua estimativa

Por Da Redação 8 ago 2013, 10h46

Na estimativa de julho para a safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) calcula uma produção total de grãos para o ano de 187,9 milhões de toneladas, aumento de 16,1% em relação à safra de 2012 (161,9 milhões de toneladas). O número é 1,2% maior do que a estimativa de junho (185,7 milhões de toneladas) do instituto.

Em termos de área, a expectativa é de que sejam colhidos grãos em 52,8 milhões de hectares, 8,2% a mais do que à área colhida em 2012 (48,8 milhões de hectares). Houve um aumento de 195.451 hectares nesta previsão de julho em relação ao no mês anterior (+0,4%).

As culturas de arroz, milho e soja representam, juntas, 92,1% da produção de cereais, leguminosas e oleaginosas e correspondem a 85,9% da área a ser colhida. Em relação ao ano anterior, se confirmados os números, haverá aumentos de 2,9% na produção de arroz, de 12,2% para o milho e de 23,7% para a soja em 2013.

Leia mais:

Governo anuncia crédito de R$ 21 bi para agricultura familiar

Produção industrial sobe em 10 de 14 regiões em junho

O Centro-Oeste detém a maior produção agrícola do país – 77,7 milhões de toneladas -, seguido pelo Sul (73,7 milhões de ton), Sudeste (19,6 milhões), Nordeste (12,3 milhões) e Norte (4,6 milhões de ton).

Levando em consideração a safra passada, deve haver um aumento de 9,8% na produção do Centro-Oeste, 33,5% na do Sul, 2% na do Sudeste e 3,3% na do Nordeste. Por outro lado, a região Norte deve ter um declínio de 3,1% na safra.

O Mato Grosso lidera como maior produtor nacional de grãos, com uma participação de 24,4%, seguido pelo Paraná (20,2%) e Rio Grande do Sul (15,7%). Os três juntos representaram 60,3% do total nacional previsto para a safra do ano.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês