Hyundai e Kia fazem recall de 1,8 milhão de carros nos EUA

Problema detectado no sistema elétrico de alguns modelos fabricados entre 2007 e 2011 prejudica estabilidade dos carros e pode causar acidentes

Por Marcelo Goto - 4 abr 2013, 12h53

O grupo Hyundai e sua afiliada Kia Motors anunciaram na quarta-feira que pretendem convocar mais de 1,8 milhão de veículos, entre automóveis e utilitários esportivos, vendidos nos Estados Unidos, para a troca de um interruptor. O motivo do recall foi um problema detectado no sistema elétrico de alguns modelos de ambas as marcas, fabricados entre 2007 e 2011.

O defeito, segundo a NHTSA, a agência governamental que regula a segurança viária dos EUA, afeta, entre outros componentes importantes, as luzes de freio, o piloto automático, o botão de ignição e trava a alavanca do câmbio automático na posição P (estacionado). A falha também prejudica o funcionamento do controle de estabilidade, aumentando os riscos de acidente.

Ainda de acordo com a NHTSA, estes mesmos problemas já haviam motivado outros recalls. Na lista de modelos da Hyundai envolvidos nesta convocação estão o compacto Accent e o utilitário esportivo Tucson (fabricados entre 2007 e 2009), o médio Elantra (2007-2010), os SUVs Santa Fe (2007-2011) e Veracruz (2008-2009) e os sedãs Sonata 2011 e Genesis (2010-2011).

Pela Kia, estão envolvidos o sedã Optima 2011, os SUVs Sorento (2007-2011) e Sportage (2007-2010), o crossover Soul (2010-2011) e a minivan Rondo (2001-2011), que é vendida no Brasil com o nome Carens. De acordo com a Kia, não há registro de acidentes causados por essas falhas.

Publicidade

Além deste recall, a atual geração do sedã Elantra, produzida entre 2011 e 2013, está sendo alvo de uma convocação exclusiva por conta do risco de o forro interno do teto se desprender caso o airbag lateral seja acionado. O descolamento do forro poderia provocar cortes nos ocupantes do veículo.

Leia também:

Mercedes-Benz anuncia recall de 369 veículos no Brasil

Volkswagen anuncia recall de 384 mil veículos na China

Publicidade