Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

HP demite CEO Apotheker e nomeia Meg Whitman

Por Regina Cardeal

Nova York – O conselho de administração da Hewlett-Packard (HP) demitiu o executivo-chefe Leo Apotheker e nomeou para substituí-lo Meg Whitman, ex-presidente do eBay, encerrando o curto e tumultuado período do alemão à frente da gigante de tecnologia. As ações da HP subiam 0,18% no after-hours depois do anúncio da troca. No pregão regular, as ações caíram 4,9%. Desde a nomeação de Apotheker, em setembro passado, os papéis acumulam queda de 46%.

A mudança, amplamente esperada, acontece um ano depois de o conselho ter sido criticado pela forma como tratou a investigação e demissão do antecessor de Apotheker, Mark Hurd, que foi forçado a renunciar após um episódio envolvendo sua relação com uma fornecedora da HP. A saída marca a terceira demissão de um executivo-chefe da HP em seis anos.

“Nós apreciamos muito os esforços de Leo e seus serviços para a HP desde sua nomeação no ano passado”, disse o chairman Ray Lane, acrescentando que a companhia planeja nomear um diretor independente em breve. “O conselho acredita que o posto de executivo-chefe da HP exige agora atributos adicionais para executar com sucesso a estratégia da companhia. Meg Whitman tem as habilidades de comunicação e operacionais corretas e a capacidade de liderança para conseguir execução e desempenho financeiro aprimorados.”

Desde que assumiu a HP, Apotheker, ex-executivo-chefe da gigante de software alemã SAP, cortou as previsões financeiras da companhia três vezes. No mês passado, decidiu fazer uma cisão da divisão de microcomputadores da empresa e pagar US$ 10,3 bilhões pela fabricante de software Autonomy Corp, do Reino Unido, um preço em geral considerado muito elevado.

Há poucas semanas, os diretores da HP aprovaram e apoiaram publicamente o plano de Apotheker para mudar a companhia, enquanto os investidores criticavam o projeto e as ações caíam acentuadamente. Mas o conselho começou a discutir sua substituição na semana passada. Um balanço trimestral fraco foi decisivo para a troca.

A escolha de Apotheker, de 58 anos, foi inicialmente considerada uma surpresa. Ele havia sido demitido do cargo de executivo-chefe da SAP no início de 2010, menos de um ano depois de ter assumido, e não tinha experiência na gestão no setor de hardware, no qual estão algumas das maiores divisões da HP. As informações são da Dow Jones.