Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Honda e GM planejam desenvolver carros sem motorista

Informação foi anunciada pelo atual presidente de Honda, Takahiro Hachigo, em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal Nikkei

A companhia japonesa de automóveis Honda quer ampliar sua colaboração com a americana General Motors (GM), com quem já trabalha no desenvolvimento de células de hidrogênio, para desenvolver conjuntamente carros sem motorista. A informação foi anunciada pelo atual presidente de Honda, Takahiro Hachigo, em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal Nikkei, na qual o executivo garantiu que a colaboração entre as duas companhias vem “dando certo” e que estão considerando “expandi-la”.

Honda e GM já começaram a discutir o assunto e estão analisando o que podem fazer “conjuntamente em nível tecnológico”, disse o executivo ao jornal japonês. Honda e GM querem ampliar sua parceria “para incluir o desenvolvimento de carros sem motorista, tecnologias de informação e eletrificação”, segundo Hachigo.

As duas companhias formaram uma aliança em 2013 para trabalhar em um sistema para veículos movidos a hidrogênio, que emitem apenas vapor de água e serão comercializados separadamente em 2020.

A Honda impulsionaria assim sua trajetória nesta área se aproveitando dos planos da GM de lançar os modelos de condução automática em 2017, enquanto a companhia americana poderia aproveitar o alto nível tecnológico que a japonesa tem com veículos híbridos. Além disso, uma aliança mais ampla poderia encurtar o tempo de desenvolvimento e melhoraria a competitividade.

Com essa parceria, as duas empresas buscam conquistar um lugar de destaque em um momento no qual fabricantes como Nissan e Toyota, e companhias como Google e Uber, estão articulando o desenvolvimento dessa tecnologia.

Leia mais:

Emprego na indústria cai 6,9% em agosto, maior recuo da história

Prévia do PIB cai 0,76% em agosto, aponta BC

(Com agência EFE)