Clique e assine a partir de 9,90/mês

Honda corta previsão de lucro anual, mas prevê recuperação

Por Da Redação - 31 jan 2012, 11h48

TÓQUIO, 31 Jan (Reuters) – A Honda Motor cortou a previsão de lucro anual para o menor nível em três anos por causa dos desastres naturais no Japão e na Tailândia e do iene valorizado, mas previu uma melhora no próximo ano.

A terceira maior montadora do Japão foi a que mais demorou para se recuperar das interrupções no abastecimento de peças que seguiu o terremoto e o tsunami e foi a única montadora que teve a fábrica inundada pelas enchentes históricas na Tailândia, polo exportador do Sudeste Asiático.

A montadora japonesa cortou em 25 por cento a previsão de lucro operacional para o ano fiscal até 31 de março, para 200 bilhões de ienes (2,6 bilhões de dólares), abaixo da estimativa de 283 bilhões de ienes, média de 24 analistas que a Thomson Reuters I/B/E/S ouviu. Isso representa uma queda de 65 por cento em relação ao lucro de um ano antes.

Por causa dos desastres, a produção mundial da Honda caiu em 20 por cento, para 2,91 milhões de carros, ficando abaixo de 3 milhões pela primeira vez em oito anos. A produção de outras montadoras japonesas, com exceção da Nissan Motor, também caiu, mas não tanto.

Continua após a publicidade

A montadora amargou uma queda de 65 por cento no lucro operacional de outubro a dezembro, para 44,3 bilhões de ienes, muito abaixo da estimativa de 81,2 bilhões de ienes, média em pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S com nove analistas.

A Honda disse que a fábrica na Tailândia estará operando na capacidade máxima a partir de abril, quando outras produções prejudicadas na Ásia voltarão ao normal.

O presidente-executivo Takanobu Ito tem como meta que a produção mundial da montadora volte a pelo menos 4 milhões no ano fiscal a partir de abril.

( Por Chang-Ran Kim )

Publicidade