Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homicídios aumentam 145% em Salvador durante greve da Polícia

São Paulo, 8 fev (EFE).- Os homicídios na região metropolitana de Salvador aumentaram 145% desde que os policiais da Bahia iniciaram, há nove dias, uma greve para reivindicar melhores salários, informou nesta quarta-feira a Secretaria de Segurança Pública do estado.

Entre 1º e 8 de fevereiro, 135 pessoas foram assassinadas na capital baiana, 80 mais que na semana de 25 a 31 de janeiro, explicou a fonte.

As autoridades acusaram alguns policiais em greve de cometer atos de vandalismo e de fomentar a violência, e em uma gravação divulgada à noite pelo ‘Jornal Nacional’, noticiário da ‘Rede Globo’, é possível ouvir alguns líderes da paralisação entrando em acordo para cometer ações delitivas.

As negociações entre os grevistas, que estão amotinados na sede da Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador, e o Governo estadual, estão estagnadas desde a noite de terça-feira.

O Exército, que enviou cerca de 3 mil homens à Bahia, reforçou nesta quarta-feira seu cerco à sede legislativa e durante a noite houve uma confusão entre os militares e 50 partidários dos grevistas que tentaram entrar no edifício.

Para pressionar o grupo amotinado, os militares interromperam na terça-feira a eletricidade do edifício e nesta quarta suspenderam a permissão para que familiares levassem remédios e alimentos aos grevistas. EFE