Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

HK Airlines pode cancelar pedidos de A380 por causa da UE-jornal

Por Da Redação 1 mar 2012, 10h30

HONG KONG, 1 Mar (Reuters) – A Hong Kong Airlines, ligada à chinesa Hainan Airlines, ameaçou cancelar a encomenda de dez unidades do A380 à Airbus diante das crescentes tensões entre China e União Europeia por causa do programa europeu de emissões de carbono, noticiou na quinta-feira o South China Morning Post.

A China, em fevereiro, proibiu as companhias aéreas do país de aderirem ao esquema sem aprovação, alegando que viola as leis internacionais.

“Não podemos fazer algo que vá contra os interesses do país”, declarou ao jornal o presidente da companhia aérea, Yang Jianhong.

A HK Airlines tinha encomendado dez unidades do A380 em um preço total de tabela de 3,8 bilhões de dólares.

“Não posso confirmar isso (o suposto cancelamento do pedido) e não tenho comentários a fazer”, disse Kenneth Thong, responsável pela governança corporativa e negócios internacionais da companhia.

A China ameaçou tomar medidas em retaliação contra o esquema que taxa as emissões de carbono.

O programa, que cobre a emissão de carbono por companhias que pousam no ou decolam do continente, também gerou críticas de outros países, que dizem que o esquema considera as emissões desde o ponto de origem, não só na Europa, excedendo, assim, a jurisdição legal da UE.

(Por Alison Leung e Fang Yan)

Continua após a publicidade
Publicidade