Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Heineken retira comercial do ar após acusação de racismo

Empresa foi criticada por consumidores por slogan que pode ser interpretado como referência à cor de pele das pessoas

Por Da redação Atualizado em 28 mar 2018, 15h30 - Publicado em 28 mar 2018, 13h06

A Heineken tirou do ar nesta terça-feira um vídeo de anúncio da versão light da cerveja da marca após acusações de que a propaganda seria racista. O comercial do produto foi alvo de críticas dos consumidores em redes sociais  (veja vídeo abaixo).

  • O anúncio mostra um barman enviando uma garrafa de cerveja a uma cliente que ele vê através de binóculos. Ele faz a bebida chegar até a mulher fazendo-a deslizar em cima do balcão. No trajeto, são mostradas, em sua maioria, pessoas negras.

    O que causou a fúria dos consumidores é o slogan usado na campanha, que aparece logo após a cena. A frase é “Sometimes, lighter is better” . “Lighter” pode ser traduzido tanto como “mais leve” como “mais claro”. Dessa forma, o texto pode dizer tanto “algumas vezes, mais leve é melhor” quanto “algumas vezes, mais claro é melhor”.

    Um dos críticos foi o rapper americano Chance The Rapper, que comentou o assunto em seu Twitter – ele tem 7,6 milhões de seguidores. O músico criticou o vídeo e disse suspeitar que ele tenha sido feito dessa forma intencionalmente. “Acho que algumas empresas estão divulgando propagandas visivelmente racistas para que consigam mais visualizações”, escreveu.

    Procurada, a empresa disse que o slogan faz referência aos benefícios da cerveja em si e ao fato de ter poucas calorias. “A Heineken reforça que não teve a intenção de causar  desconforto aos seus consumidores em nenhum momento”, diz trecho da nota.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade