Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Guedes promete (de novo) quatro privatizações este ano

Eletrobras, Correios e portos de Vitória e Santos estão na lista; em 2020, ele prometeu exatamente 4 privatizações até o fim do ano, e elas não aconteceram

Por Victor Irajá Atualizado em 24 mar 2022, 17h18 - Publicado em 24 mar 2022, 12h10

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender que vai “privatizar quatro empresas” ainda este ano. Apesar de admitir a dificuldade de dar vazão aos projetos, ele listou, em evento promovido pela Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), as estatais Eletrobras e Correios, além dos de dois portos, os de Santos (SP) e Vitória (ES), como ativos que serão passados pela iniciativa privada até o final do ano. “O Brasil é prisioneiro de monopólios estatais. As privatizações estão andando”, disse o ministro nesta quinta-feira, 24. Não é a primeira vez que Guedes defende grandes privatizações em um curto espaço de tempo. Em 2020, ele prometeu que exatamente quatro empresas seriam privatizadas ainda aquele ano —  o que não aconteceu.

Nós vamos fazer quatro grandes privatizações nos próximos 30, 60, 90 dias”, disse Guedes em 6 de julho daquele ano. Como se sabe, não foi bem assim. Na ocasião, os Correios e a Eletrobras também estavam no rol de empresas que Guedes ansiava conceder para a iniciativa privada. Entre os grandes processos de desestatização, o da Eletrobras teve avanço significativo. Com aval preliminar do Tribunal de Contas da União nesta semana, o presidente da empresa, Rodrigo Limp, admitiu que a concessão da empresa por meio de ofertas de papéis da estatal pode acontecer até agosto.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.