Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Gucci deixa de usar pele de animal e fará leilão com estoque

Marca italiana, que já levou casacos luxuosos às passarelas, venderá produtos feitos com o material ainda em seu estoque em um leilão de caridade

Por Da redação
12 out 2017, 20h42

A Gucci não usará mais peles de animais em suas peças a partir do ano que vem, juntando-se a um grupo crescente de grifes que estão em busca de alternativas devido à pressão de ativistas de direitos dos animais e às mudanças de gosto dos consumidores.

A marca italiana, que é parte do conglomerado de luxo Kering, sediado em Paris, levou casacos de pele exuberantes às passarelas no passado. Dois anos atrás seu diretor de criação, Alessandro Michele, apresentou mocassins e sapatilhas de bico fino com pele de canguru.

Mas a grife disse que agora se unirá a uma aliança de empresas que não usam o material. E que venderá os acessórios e peças de roupa feitas com pele de animal ainda em seu estoque em um leilão de caridade. A Gucci já vendeu alguns de seus casacos de pele por mais de 40.000 dólares (cerca de 126.000 reais).

Continua após a publicidade

Marco Bizzarri, diretor-executivo da empresa, disse que a grife abdicará das peles já em sua coleção primavera-verão de 2018, e que sua nova abordagem foi combinada com Michele. A marca renasceu sob o comando do estilista, cujas peças extravagantes e coloridas aumentaram as vendas nos últimos dois anos.

(Com Reuters)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.