Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Grupo Carrefour aprova cisão da rede Dia

Decisão foi aprovada por acionistas em assembleia ocorrida nesta terça-feira

Por Da Redação - 21 jun 2011, 14h49

Os acionistas do Carrefour aprovaram nesta terça-feira a cisão da cadeia de descontos Dia durante uma atribulada reunião, que revelou muito da tensão existente na varejista francesa em dificuldades. O presidente do Carrefour, Amaury de Sèze, afirmou que pretende pedir demissão na próxima reunião do conselho de administração. Ele recomendará que os conselheiros nomeiem o executivo-chefe, Lars Olofsson, para o cargo.

Cisão – “A hora de reunir as duas funções chegou”, declarou De Sèze, que continuará no conselho do Carrefour após sua demissão. O movimento coloca Olofsson na linha de frente para uma pesada transformação da companhia. O projeto ficou mais próximo de sua conclusão, com a aprovação da cisão do Dia, aceita por 77% dos acionistas. A cadeia de descontos terá suas ações listadas na Bolsa de Madri em 5 de julho e cada investidor do Carrefour receberá uma ação do Dia para cada ação do Carrefour.

Olofsson também está avaliando outros projetos. O executivo está renovando a cadeia de hipermercados na Europa e implantando milhares de supermercados da marca Carrefour. Para o Brasil, os planos são a manutenção do controle de sua unidade no país, que é considerada fundamental para o crescimento do grupo.

(com Agência Estado)

Publicidade