Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Greve perde força e combustível começa a chegar aos postos

Cidades do interior são as que ainda têm mais relatos de desabastecimento; nas capitais, combustível já está quase normalizado

Por Redação 31 Maio 2018, 12h03

A greve dos caminhoneiros perdeu força nesta quinta-feira, 31, que marca o 11º dia do movimento. Apesar de alguns pontos de manifestação ainda espalhados pelo país, a paralisação dos caminhoneiros já não causa tanto impacto e abastecimento tanto de combustível quanto de alimentos já começa a se normalizar em todo o país. 

“O abastecimento de combustíveis está melhorando em todos os estados brasileiros, embora em alguns ainda haja protestos e bloqueios, principalmente em estradas no interior. Na maioria das capitais, o suprimento de combustíveis está se normalizando”, diz nota divulgada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

 

Acompanhe a seguir como está o abastecimento de combustível em todo o país, conforme último levantamento divulgado no início da noite desta quarta-feira, 30, pela ANP:

Região Centro-Oeste
Distrito Federal  Abastecimento de etanol sendo normalizado com a chegada de caminhões
Goiás Abastecimento de combustíveis líquidos voltando ao normal
Mato Grosso do Sul O abastecimento na capital está sendo normalizado. O interior do estado ainda tem problemas, com algumas cidades desabastecidas
Mato Grosso O abastecimento está sendo feito com escolta do Exército e da polícia. Interior ainda tem cidades sem combustível
Região Nordeste
Alagoas O abastecimento foi retomado no sábado. Em Arapiraca, a situação começa a se normalizar
Bahia Em Salvador a situação está se normalizando 
Ceará Os postos de Fortaleza abastecem normalmente. As cidades do interior estão recebendo combustível
Maranhão Capital São Luiz com 80% dos postos abastecidos, com expectativa de normalização até o fim da semana. No interior do estado, maior parte das cidades ainda enfrenta desabastecimento
Paraíba  João Pessoa com cerca de 60% dos postos abastecidos. Campina Grande recebeu combustível na madrugada de quarta-feira
Pernambuco  Estrada que liga ao Porto de Suape liberada desde quarta-feira. Postos de todos os municípios deverão receber caminhões vindos de Suape
Piauí A situação melhorou ao longo do dia nesta quarta-feira. Na capital, em torno de 50% dos postos já estão abastecidos
Rio Grande do Norte Desbloqueio da BR-406 possibilitou o recebimento de combustível de Guamaré
Sergipe Houve melhoras significativas depois da liberação de Suape. Não há mais pontos de bloqueio no estado
Região Norte
Acre Abastecimento normalizado
Amazonas Estado com abastecimento normalizado
Amapá Também plenamente abastecido
Pará  Belém está abastecida. No interior ainda existem interdições nas estradas
Rondônia Abastecimento normal na capital Porto Velho. No interior a situação ainda é complicada
Roraima Postos da capital sendo reabastecidos
Tocantins 25 caminhões-tanques abasteceram Palmas. As principais cidades estão recebendo combustível por caminhões escoltados
Região Sudeste
Espírito Santo O carregamento de combustível está sendo feito com escolta
Minas Gerais Situação na Grande Belo Horizonte está sendo normalizada. Algumas estradas estão bloqueadas, dificultando o abastecimento em algumas regiões do estado
Rio de Janeiro  O fornecimento de combustíveis está sendo feito sem problemas
São Paulo O abastecimento na capital, Campinas e Sorocaba praticamente normal
Região Sul
Paraná Postos de Curitiba estão recebendo combustíveis. Não há mais pontos de bloqueio nas estradas estaduais
Rio Grande do Sul Enfrenta protestos, mas abastecimento está sendo feito. Abastecimento melhorou na Serra Gaúcha, mas ainda há escassez de combustíveis
Santa Catarina  Melhora significativa ao longo dia de ontem. Já receberam gasolina Florianópolis, Joinville, Itajaí, Balneário Camboriú, Chapecó. Mas ainda há relatos de bloqueios

 

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)