Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fila em estação de trem chega a 1 km com metrô fechado

Metroviários de São Paulo realizam greve de 24 horas nesta quinta-feira contra concessão de linhas à iniciativa privada

Não está fácil a situação das pessoas que tentam se locomover em São Paulo nesta quinta-feira, dia de greve dos metroviários. Quem tentou usar o trem ou ônibus encontrou estações e pontos lotados.

Na estação de trem Dom Bosco, na zona leste de São Paulo, a fila de passageiros chegava a quase 1 quilômetro. A maioria tinha tentado embarcar na estação de metrô Itaquera, mas não conseguiu.

No Jabaquara, zona sul de São Paulo, os pontos de ônibus estavam lotados. A auxiliar de serviços gerais Adriana Hortêncio estava na entrada da estação desde as 5h na expectativa de que os trens voltassem a circular.

Segundo ela, os pontos de ônibus estão muito lotados. “Está muito difícil saber o que fazer, a gente fica sem rumo.”

A enfermeira Liliane Carvalho, mora em Diadema e trabalha em um hospital na Santa Cecília. Ela costuma embarcar na estação Jabaquara para trabalhar, em um trajeto de cerca de 40 minutos. Ela acredita que vai levar 3 horas para chegar de ônibus hoje ao trabalho.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ferdinando Zuzart

    Por favor, fiquem fechados todos os dia que puderem para que não seja privatizada uma unica linha sequer.

    Curtir