Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Greve de seguranças pode prejudicar aeroportos franceses

A greve convocou mais de 10 mil empregados das companhias de segurança aeroportuária de toda a França

Com intenção de adquirir um novo reajuste salarial, os sindicatos das empresas de segurança dos aeroportos franceses convocaram uma greve para esta sexta-feira em toda o país. Após tomar conhecimento da paralisação, a empresa privada que administra os terminais franceses, chamada Aeroportos de Paris (ADP), informou que as operações de controle dos passageiros podem ser mais longas que o habitual e devem provocar atrasos nos voo das companhias.

As autoridades também recomendaram aos clientes chegarem com bastante antecedência aos locais de embarque. Mais de 200 agentes de segurança foram convocados para auxiliar, informar e guiar os passageiros, já que os aeroportos deverão estar cheios por conta do período de férias de Natal.

Segundo o site do jornal ‘Ouest-France’, a greve convocou cerca de 10 mil empregados das companhias de segurança aeroportuária da França, que controlam tanto os passageiros como suas bagagens. O presidente do Sindicato de Empresas Aeroportuárias (SESA), Patrick Thouverez, antecipou que o apoio dessa medida pode ser desigual, porém, deverá afetar todas as companhias que operam nos aeroportos franceses.

(Com EFE)