Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grécia segue na esperança por acordo de dívida apesar de impasse

BRUXELAS/ATENAS, 24 Jan (Reuters) – A Grécia seguia esperançosa nesta terça-feira de que conseguirá um acordo de swap de dívida no último minuto para evitar um desastroso calote, mesmo depois que as autoridades da zona do euro fizeram as negociações regredirem ao rejeitarem a oferta final dos credores privados do país.

Após semanas de debates com credores em Atenas, os ministros das Finanças da zona do euro, reunidos em Bruxelas, deram um golpe às esperanças de acordo. Eles negaram a exigência dos credores por um cupom de 4 por cento nos bônus novos de prazo mais longo em troca da dívida existente.

Agora, os credores privados têm o poder de decidir se Atenas será forçada a um default desordenado, que pode espalhar caos pelo sistema financeiro global e levar outros países da zona do euro à moratória.

Charles Dallara, diretor do Instituto Internacional de Finanças (IIF) que está negociando pelos credores, deve falar em Zurique mais tarde nesta terça-feira, antes de viajar para Atenas no fim de semana.

A autoridade mais alta da Grécia na reunião de Bruxelas continuou impassível, dizendo que o país tem o apoio da zona do euro para completar as negociações de swap de dívida nos “próximos dias”.

“Na verdade estamos agora entrando na fase final”, disse o ministro das Finanças Evangelos Venizelos em comunicado.

“Eu acredito que todos perceberam agora que a Grécia precisa ser ajudada nesse esforço, que é de importância vital não só para nós, mas para a zona do euro como um todo e a economia global.”

(Por Jan Strupczewski e Dina Kyriakidou; reportagem adicional de Sophie Sassard)