Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Grécia: credores públicos poderão ter que ampliar contribuição (Lagarde)

Os credores públicos de Grécia terão que contribuir com um maior “esforço financeiro” para aliviar a dívida do país caso o acordo que os bancos estão negociando com o governo grego seja insuficiente, declarou nesta quarta-feira em Paris a diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde.

“Caso o nível da dívida grega não seja suficientemente renegociado pelos credores privados, os credores públicos terão que participar com um maior esforço financeiro”, disse Lagarde, ao responder a uma pergunta sobre uma eventual desvalorização dos títulos da dívida grega em poder do Banco Central Europeu (BCE).

O Financial Times desta quarta-feira revelou pressões do Fundo Monetário Internacional (FMI) para que o BCE aceite assumir perdas relativas aos 40 bilhões de euros em títulos da dívida pública grega que possui, ideia a qual o banco europeu é contrário.

Lagarde não desmentiu diretamente esta informação.

“O FMI é apenas um observador nas negociações entre o setor privado e os gregos”, disse.