Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Graça diz que não há previsão para alta de combustíveis

Presidente da estatal disse que a companhia está concentrada no leilão de Libra, marcado para o próximo dia 21

A presidente da Petrobras, Graça Foster, reafirmou que a companhia não tem previsão para reajustar os preços dos combustíveis. “O ministro Lobão (das Minas e Energia) realmente declarou que seria possível um reajuste até o fim do ano, mas a Petrobras não tem previsão de data para reajuste”, disse a jornalistas nesta segunda-feira, após participar de sessão solene no Senado em homenagem aos 60 anos da companhia.

Graça Foster disse que a Petrobras só vai se pronunciar sobre os consórcios que vão participar do leilão de Libra depois do dia 21 de outubro, após a abertura dos envelopes dos interessados na primeira concessão do pré-sal brasileiro. A executiva declarou ainda que a Petrobras está concentrada no leilão de Libra neste momento.

Leia também:

Mantega não confirma reajuste de 5% da gasolina em 2013

Dilma diz que Libra pode arrecadar até R$ 700 bi em 35 anos

Moody’s – Graça Foster disse ainda respeitar a avaliação da agência Moody’s, que rebaixou a nota de risco de longo prazo da companhia, na semana passada, mas reconheceu que a mudança de patamar desagradou à companhia. “Ninguém gosta de nota baixa. Mesmo mantendo o grau de investimento, essa nova nota é um alerta, a Petrobras está atenta.”

De acordo com a executiva, em poucos meses, a Petrobras poderá produzir mais com mais capacidade de refino e isso poderá influenciar as próximas avaliações da agência. “Respeitamos a Moody’s e vamos cuidar melhor dos nossos indicadores”, completou.

Leia ainda:

Após rebaixamento, Petrobras diz que sua dívida ‘é equilibrada’

Petrobras completa 60 anos e ‘ganha’ rebaixamento de nota da Moody’s

(com Estadão Conteúdo)