Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo venderá R$ 94,4 milhões em imóveis para reforçar caixa em 2015

No total, 20 imóveis serão alienados nos Estados do Amazonas, da Bahia, de Minas Gerais, Pernambuco, do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo

O governo federal anunciou nesta quarta-feira a venda de 20 imóveis avaliados em 94,4 milhões de reais, em uma tentativa de reforçar o caixa de 2015. Na última segunda-feira, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, anunciou uma série de ações nesse sentido, que incluem a redução do número de ministérios e a venda de imóveis da União, além da regularização de terrenos. As medidas fazem parte de um esforço de redução de despesas e racionalização de gastos da União. As informações foram publicadas nesta quarta-feira no Diário Oficial.

Os imóveis anunciados estão localizados nos Estados do Amazonas, da Bahia, de Minas Gerais, Pernambuco, do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e de São Paulo. O mais caro está avaliado em 32 milhões de reais – um prédio localizado no bairro Cosme Velho, no Rio de Janeiro – e o mais barato em R$ 178 mil – uma sala comercial em Salvador (BA). A lista ainda traz imóveis luxuosos, como um duplex de 537 metros quadrados na rua Aldo Bonadei, na Barra da Tijuca, no Rio, no valor de 7,1 milhões de reais.

De acordo com a portaria, os imóveis serão alienados nas condições em que se encontram, sendo de responsabilidade do comprador quaisquer despesas necessárias à sua utilização. As superintendências do Patrimônio da União nos estados deverão, no prazo máximo de 15 dias a partir da publicação desta portaria, abrir procedimento licitatório para a alienação deste primeiro lote.

Leia mais:

TCU concede mais 15 dias para governo explicar contas de 2014

Bovespa sobe e dólar recua com mudança da alíquota de tributo sobre lucro de bancos

Segunda fase – Além dos 20 imóveis que serão alienados este ano, o governo federal pretende arrecadar 1,76 bilhão de reais com a venda de imóveis e terrenos a partir do ano que vem, segundo informou, em nota, o Ministério do Planejamento.

O Planejamento informou que vai autorizar a alienação de 119 imóveis, com valor estimado em 522 milhões de reais em 2016. Também está prevista a venda de imóveis sem interesse ao serviço público no Distrito Federal, além da alienação de 30 terrenos com valor estimado em 649 milhões de reais. Por fim, serão vendidos 530 imóveis funcionais, com previsão de arrecadação de 598 milhões de reais.

(Da redação)