Clique e assine a partir de 9,90/mês

Governo vende ações do Banco do Brasil para fazer caixa

Para garantir o cumprimento da meta fiscal este ano, Ministério da Fazenda vendeu 6,6 milhões de papéis do banco estatal

Por Da Redação - 17 jul 2015, 12h19

Em busca de reforço no caixa para garantir o cumprimento da meta fiscal, o Ministério da Fazenda deu início à venda de ações do Banco do Brasil que fazem parte do patrimônio do Fundo Soberano do Brasil (FSB). O fundo é uma espécie de poupança que o governo federal mantém desde 2008, para ser usada em momentos de necessidade de receitas.

Sem alarde, um primeiro lote de 1 milhão de ações do BB foi vendido em junho. O movimento, no entanto, só foi detectado pelo mercado financeiro nos últimos dias, o que obrigou o Ministério da Fazenda a confirmar a operação nesta quinta-feira. Nos primeiros 15 dias de julho, outras 5,6 milhões de ações do BB foram vendidas.

Com a venda das ações, o Tesouro Nacional quer garantir liquidez ao patrimônio do fundo, para que seja usado como receita para engordar o superávit primário das contas públicas – a economia para pagamento de juros da dívida. Segundo o Tesouro, a estratégia é uma medida “prudencial em um contexto de política de consolidação fiscal do setor público”.

Leia mais:

Continua após a publicidade

PF prende ex-vice-presidente do Banco do Brasil

Lucro do Banco do Brasil cresce mais de 100% no 1º trimestre

No primeiro lote vendido, o Fundo Soberano conseguiu 23,860 milhões de reais pelas ações. Mas a intenção do Tesouro é vender todo o lote de ações do BB que estão no FSN: 109,650 milhões, o equivalente a cerca de 2,66 bilhões de reais.

O mercado reagiu mal à decisão do Tesouro, com queda das ações do BB. Os rumores no mercado de que o Fundo poderia se desfazer de ações do BB para contribuir com o ajuste fiscal do governo brasileiro ocorrem desde o ano passado. Fontes do mercado acreditam que o fundo soberano faça novas vendas, ainda que tal estratégia gere prejuízo ao Fundo.

Continua após a publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade