Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo reduz tarifa de importação de 110 produtos

De acordo com resoluções publicadas nesta quarta-feira no Diário Oficial, as alíquotas serão reduzidas para 2% até o fim de dezembro de 2014

O governo federal, por meio da Câmara de Comércio Exterior (Camex), reduziu nesta quarta-feira, o imposto de importação incidente sobre 110 produtos, todos na condição de ex-tarifários, ou seja, redução temporária da alíquota do imposto de importação. Foram publicadas duas resoluções no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta. Uma delas, a Resolução 89, reduz de 14% para 2% as alíquotas de importação de 109 bens de capital. São 108 novos ex-tarifários e uma renovação. Já a Resolução 88 concede renovação para um item da categoria de bens de informática e telecomunicação, com redução de alíquota de 16% para 2%.

Leia também:

STJ adia julgamento sobre tributação de lucro da Vale no exterior

Arrecadação federal soma R$ 84,21 bilhões em setembro

Camex prorroga isenção de imposto de importação de metanol

De acordo com a Camex, os investimentos globais vinculados aos projetos onde serão utilizados os produtos com redução de tarifas são de 449,959 milhões de dólares e os principais setores contemplados são: alimentício (19,48%), logística (15,83%), mineração (12,08%), plásticos (10%), agroindústria (8,26%), setor de bens de capital (7,41%), metalúrgico (7,05%) e construção civil (5,13%).

Já os valores relativos aos investimentos diretos em importação de máquinas e equipamentos chegam a 133 milhões de dólares, também de acordo com informações da Camex. As máquinas e equipamentos com redução de alíquotas virão, principalmente, da Alemanha (29,34%); do Japão (18,19%); da Itália (16,23%); dos Estados Unidos (11,73%) e da Suíça (9,98%).

(com Estadão Conteúdo)