Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo reduz projeção de queda do PIB para 3,1%

Previsão anterior, de maio, era de retração de 3,8%; para a inflação, estimativa para este ano subiu de 7% para 7,2%

O governo federal reduziu a projeção de queda do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos em um país) para 2016. Em maio, era prevista retração de 3,8%. Agora, a contração da economia deve ficar em 3,1%, segundo dados da equipe econômica.

As projeções estão no Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas do terceiro bimestre, divulgado nesta sexta-feira pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. O relatório é publicado a cada dois meses, com atualização das previsões de arrecadação, gastos e metas do governo e revisão dos indicadores econômicos. Em maio, o governo publicou uma versão extemporânea após a aprovação da meta fiscal de déficit de 170,5 bilhões de reais para 2016.

Leia também:
Governo usará reserva de R$ 38 bilhões para evitar cortes
Temer sanciona reajuste de servidores do Judiciário e do MPF

O documento é encaminhado ao Congresso Nacional e passa a servir de base para o acompanhamento da execução do Orçamento. Embora mais otimista em relação ao PIB, o governo elevou a projeção anual de inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). De 7%, a estimativa foi atualizada para 7,2%.

O fechamento da Selic (taxa básica de juros da economia) foi mantido em 14%. Atualmente, a taxa básica está em 14,25% ao ano. O governo, portanto, projeta uma redução até o fim do ano.

(Com Agência Brasil)