Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Governo reduz estimativa de criação de vagas para 2013

De acordo com dados do Caged, número passou de 1,7 milhão 1,4 milhão

Por Da Redação
23 jul 2013, 16h11

Os dados atuais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na tarde desta terça-feira, sugerem um saldo líquido de empregos formais de no máximo 1,4 milhão este ano. A redução na estimativa foi apresentada pelo ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, ao comentar os dados de junho do Caged. A última estimativa era de 1,7 milhão de novas vagas. “Os fatos mudam. Hoje, diante dos fatos que estão ocorrendo, a nossa previsão seria de 1,4 milhão, o que é um bom número.”

Leia também:

Criação de emprego cai 21% e tem pior resultado semestral desde 2009

OIT elogia Brasil em documento sobre desemprego no G-20

As carreiras mais promissoras para os próximos dez anos

Continua após a publicidade

O ministro relutou em divulgar um novo número. Ele disse, primeiro, que não faria mais estimativas. “Não vamos fazer mais previsões. Não vou gerar falsa expectativa como ministro do Trabalho. Não posso aqui me expor a isso. Porque amanhã vocês vão me cobrar isso”, disse a jornalistas.

Ao mencionar um novo número, ele explicou que a expectativa de 1,7 milhão de vagas foi elaborada no fim do ano passado, com a realidade daquele momento. “Hoje, de acordo com o número que temos, é prudente que a gente faça uma previsão o mais real possível”, justificou.

Leia ainda: Emprego: o fenômeno que poderia mudar o Brasil – mas não mudou

(com Estadão Conteúdo)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.