Clique e assine a partir de 9,90/mês

Governo quer fazer novas concessões de infraestrutura até fim do ano

De acordo com ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, projetos fazem parte da estratégia de retomada de crescimento da economia

Por Da Redação - 13 mar 2015, 12h27

Pensando em como apresentar boas notícias em meio ao cenário político-econômico atual, o governo se apressou em definir o cronograma de concessões para este ano. Segundo o jornal Valor Econômico, até abril serão apresentados os estudos para avaliar o interesse em concessões de aeroportos, hidrovias e dragagem.

Leia mais:

Governo federal pode reduzir fatia da Infraero em próximas concessões de aeroportos

Governo investiu 34,5% menos no PAC em janeiro

A ideia é que, no último trimestre do ano, seja realizado o leilão de 2,6 mil quilômetros de rodovias. O investimento em ferrovias depende de uma sinalização positiva dos investidores para que o governo lance o edital.

A licitação do serviços de dragagem de portos, uma novidade do pacote, será feita primeiramente em Santos, Paranaguá e Rio Grande. Com relação às hidrovias, os estudos de viabilidade de rios que já estão sendo mapeados começam em abril.

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, disse que “esses projetos fazem parte da estratégia de retomada de crescimento da economia”. Ao Valor, o ministro contou que as taxas de retorno dos novos projetos refletirão “condições de mercado”, o que indica que a discussão sobre o tabelamento dos lucros das empresas não se repetirá. O governo quer manter as taxas de juros inalteradas, assim como os limites de financiamento do BNDES.

O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) deve perder fôlego este ano. Segundo Barbosa, o programa continua sendo prioridade e incluirá novas obras, mas em 2015 a estratégia passa por pagar o que foi feito e continuar as obras em andamento.

Continua após a publicidade
Publicidade