Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo estima investimento a 21% do PIB em 2011

Estímulos dados pelo governo federal deverão garantir desempenho favorável

O número é mais otimista do que a estimativa preliminar disponível no momento, que é de 18,8% do PIB

A taxa de investimento público e privado no Brasil deverá ficar entre 19,5% e 21% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011, nas estimativas feitas pelo secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa. Ela deverá ser maior do que a registrada em 2010, mesmo diante da cautela adotada pelo setor privado por causa da crise internacional.

Estímulos dados pelo governo federal, como o programa Minha Casa Minha Vida e os empréstimos subsidiados do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), deverão garantir esse desempenho favorável.

O número é mais otimista do que a estimativa preliminar disponível no momento, que é de 18,8% do PIB. A melhora não se deve a um repentino surto de investimentos, mas a uma questão numérica. “Mudou a régua”, resumiu o secretário para a reportagem.

Na semana passada, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou as contas nacionais de 2009 e concluiu que a taxa de investimento naquele ano foi de 18,1% do PIB, e não 16,9% do PIB, como divulgado anteriormente. Com isso, a taxa de 2010 também foi beneficiada, pois ela já partiu de uma base maior.

“A taxa de 2010 é pelo menos 1,2 ponto porcentual maior do que a gente achava antes”, comentou Barbosa. Como em 2011 os investimentos foram maiores que no ano passado, o resultado também tende a ser maior.

(Com Agência Estado)