Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Governo deve anunciar prorrogação do IPI nesta tarde, diz agência

Benefício deve ser prorrogado para eletrodomésticos da linha branca e móveis

Por Da Redação 29 jun 2012, 09h39

Contrariando as indicações dadas pelo próprio Ministério da Fazenda no início da semana, o governo decidiu prorrogar a redução da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para os setores de linha branca e móveis, afirmou uma fonte do governo à agência Reuters nesta sexta-feira. Segundo afirmações feitas pelo ministro Guido Mantega, a IPI não seria prorrogado e deveria terminar neste sábado.

O benefício, segundo a fonte, não inclui novos setores. A redução do tributo termina no próximo dia 30. A fonte disse que a prorrogação muito provavelmente será por mais três meses.

Em uma conversa pela manhã, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao ser questionado se o governo anunciaria a prorrogação do benefício nesta sexta-feira respondeu: “Presta atenção hoje à tarde”. Mantega está em Mendoza, na Argentina, para reunião do Mercosul. Ele deve voltar para São Paulo nesta tarde.

Em 26 de março, o governo já havia estendido a redução do IPI para produtos de linha branca, adotada em dezembro de 2011, e reduziu pela primeira vez o IPI de móveis, papel de parede e luminárias.

A decisão de prorrogar a redução do IPI faz parte de conjunto de medidas tomadas pelo governo para tentar estimular a economia, que cresceu apenas 0,2 por cento no primeiro trimestre.

Na quarta-feira, Mantega anunciou medidas de estímulo baseadas em aumento de compras governamentais de produtos e na redução Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), de 6% para 5,5%.

Na ocasião, o ministro havia indicado que os estímulos à economia não tinham terminado. “Essa não é a única medida a ser tomada… Podemos garantir que o PIB (Produto Interno Bruto) está crescendo e vai crescer mais no segundo semestre que no primeiro”, afirmou.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)