Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Governo derruba presidente da Telebrás

Rogério Santanna acredita que suas convicções em relação ao Plano Nacional de Banda Larga provocaram sua demissão

Por Da Redação 31 Maio 2011, 20h27

O substituto de Santanna será Caio Bonilha, diretor comercial da estatal

O presidente da Telebrás, Rogério Santanna, vai deixar o cargo nesta quarta-feira e será substituído pelo diretor comercial da estatal, Caio Bonilha. A demissão foi confirmada por ele na tarde desta terça-feira, após uma reunião com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. “O governo anunciou que vai fazer alguns ajustes na Telebrás e não tinha me falado nada. Hoje, descobri que o ajuste é a minha saída. Devo ter provocado alguma insatisfação em setores que não enxergam no Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) um bom projeto”, disse Santanna.

Nos últimos tempos, Santanna vinha reclamando do contingenciamento de recursos para a Telebrás. Segundo ele, estavam previstos 600 milhões de reais para o ano passado e 400 milhões de reais para este ano, mas os recursos foram cortados pela metade e, até agora, só foram liberados 50 milhões de reais.

Santanna defendia um PNBL mais atuante por parte do governo, e que conseguisse baixar os preços da oferta de internet a tarifas populares, contrariando interesses das empresas de telecomunicações. “Eu acho que a minha saída tem a ver com alguma consideração que, eventualmente, o ministro tenha a respeito da minha condução da empresa. É possível que minhas posições tenham influenciado esse processo”, afirmou o executivo, que recebeu com surpresa a notícia.

Continua após a publicidade
Publicidade