Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo de São Paulo lança a primeira concessão da gestão Doria

O projeto prevê redução de 20% do valor do pedágio, sistema de pagamento por percurso percorrido e programa de fidelidade para desconto adicional no tributo

O governo de João Doria lançou nesta sexta-feira, 15, o processo de licitação para um total de 1.201 quilômetros de rodovias ligando os municípios de Campinas e Panorama, na divisa de São Paulo com o Mato Grosso do Sul.

O projeto prevê redução de até 20% no valor do pedágio, e 5% de desconto adicional para os usuários do sistema eletrônico de tag. Também prevê tarifa flexível por fidelidade para usuários frequentes, com desconto progressivo e a possibilidade de pagamento por trecho percorrido, o chamado sistema Ponto a Ponto.

Atualmente são 8.400 quilômetros já concedidos e 14.000 quilômetros sob responsabilidade do Departamento de Estradas e Rodagem (DER). Será um investimento de 9 bilhões de reais no período de 30 anos. O projeto inclui duplicação de 417 quilômetros, e a modernização da infraestrutura de 1.201 quilômetros. Entre as intervenções previstas estão faixas adicionais, vias marginais e contornos urbanos, obras que melhoram a fluidez, o escoamento da produção regional e a segurança viária. Também serão implantados acostamentos, novos acessos e retornos, recuperação de pavimento, passarelas e ciclovias.

 

A rodovia será a primeira chamada carbono zero do país. A concessão prevê compensação de emissões de gás carbônico decorrentes da operação, que poderá ser feita pela utilização de veículos e equipamentos de operação movidos à energia limpa, praças de pedágios e iluminação abastecidas com energia solar. Esta obrigação será fiscalizada por certificação.