Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Governo confia em instalação de 4G para a Copa das Confederações

Em programa de TV estatal, ministro das Comunicações afirma 'não ter dúvidas' de que as operadoras conseguirão instalar, até 30 de abril, ao menos 50% da cobertura de banda larga 4G

Por Da Redação - 4 abr 2013, 12h36

O governo acredita que as operadoras de telecomunicações conseguirão alcançar a meta de instalar, até 30 de abril, ao menos 50% da cobertura de banda larga de quarta geração (4G) nas cidades que serão sede de jogos da Copa das Confederações, disse nesta quinta-feira o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

“Não tenho dúvidas de que as empresas vão cumprir”, disse Bernardo, no programa Bom Dia Ministro, da TV estatal EBC. Falando a jornalistas na saída do programa, o ministro afirmou que as redes estão sendo instaladas e que em Brasília, por exemplo, sede da abertura do torneio, já há cerca de 70% de cobertura.

“Começa com essa cobertura inicial e depois há um prazo para ir aumentando. As 12 cidades que vão receber a Copa do Mundo terão prazo até 31 de dezembro para (o sevriço) começar a funcionar”, disse. A Copa das Confederações, torneio preparatório para o Mundial de 2014, será disputada entre 15 e 30 de junho em Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador, Recife e Fortaleza.

Segundo Bernardo, também serão instaladas antenas fixas nos estádios, compartilhadas entre as operadoras, com sinal para 2G, 3G e 4G. “Será colocado um número grande de pequenas antenas, com grande distribuição, todas elas ligadas por fibra óptica”, acrescentou.

Publicidade

Leia mais: Telefônica/Vivo busca compartilhamento para 4G

Smartphone 4G deve receber benefício maior, diz ministro

(com agência Reuters)

Publicidade