Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo arrecada R$ 2,7 bilhões em leilão de trecho da Ferrovia Norte-Sul

A empresa Rumo venceu a concorrência ao apresentar lance com ágio de 100,92%. Valor do investimento previsto é de 2,8 bilhões de reais

Com uma oferta de 2,719 bilhões de reais, a empresa Rumo venceu a disputa pelo trecho central da Ferrovia Norte-Sul, ao oferecer ágio de 100,92%. O valor mínimo de outorga era de 1,353 bilhão de reais pela concessão por 30 anos. O leilão foi realizado nesta quinta-feira, 28, na sede da B3 em São Paulo. 

O lance superou a proposta da única concorrente, VLI Multimodal, que ofereceu 2,065 bilhões de reais. Este é o primeiro leilão do setor ferroviário nos últimos 12 anos.

O trecho de 1.573 quilômetros da ferrovia ofertado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) liga Porto Nacional (TO) a Estrela d’Oeste (SP). O empreendimento já recebeu 16 bilhões de reais em investimentos públicos e o edital prevê o aporte de mais 2,8 bilhões de reais ao longo do período de concessão.

O trecho envolvido no leilão foi construído pela Valec, estatal de ferrovia, e ainda não está concluído. Segundo especialistas, será preciso investir uma soma considerável para corrigir erros de execução e de projeto ao longo do trecho já construído da ferrovia.

A estimativa do governo é que, ao final da concessão, o trecho ferroviário tenha demanda equivalente a 22,73 milhões de toneladas. Esse é o principal leilão de infraestrutura do governo e também a primeira concessão ferroviária desde 2007, quando a Vale arrematou outro trecho da mesma ferrovia, que liga Palmas (TO) e Açailândia (MA).