Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo arrecada R$ 24,535 bi com leilão de aeroportos

Por Silvana Mautone, Altamiro Silva Junior e Fernanda Guimarães

São Paulo (AE) – O governo arrecadou R$ 24,535 bilhões com o leilão de privatização de três aeroportos realizado hoje, na sede da BM&FBovespa, em São Paulo. O ágio foi de 348% sobre o preço mínimo de R$ 5,477 bilhões estipulado no edital para os aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília.

Com proposta de R$ 16,213 bilhões, que representa ágio de 373% sobre o preço mínimo, a Invepar venceu a disputa pela concessão do aeroporto de Guarulhos (SP). A empresa detém 90% do consórcio formado junto à sul-africana ACSA, que possui os demais 10%.

No caso do aeroporto de Brasília, a Engevix saiu vencedora, com lance de R$ 4,501 bilhões, ágio de 673%. O consórcio Inframérica Aeroportos, formado com a argentina Corporación América (50% cada), também venceu o leilão de São Gonçalo do Amarante (RN), o primeiro a ser privatizado.

Já na disputa pelo aeroporto de Campinas, o consórcio liderado pela Triunfo Participações ficou à frente, com ágio de 159,8%, com uma proposta de R$ 3,821 bilhões. No consórcio Aeroportos Brasil, a Triunfo tem participação de 45%, a UTC Engenharia outros 45% e a francesa Egis, 10%.

Ao final do leilão, o aeroporto de Brasília, que foi o único disputado no leilão viva-voz, teve preço superior ao de Campinas. No edital constava que o preço mínimo para Brasília era de R$ 582 milhões, enquanto o de Campinas era de R$ 1,471 bilhão.

()