Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Governo anuncia R$ 186 bilhões de investimento em energia elétrica

Recursos fazem parte do Programa de Investimento em Energia Elétrica (PIEE), lançado nesta terça-feira

O governo federal anunciou nesta terça-feira um pacote de investimentos de 186 bilhões de reais no setor de energia elétrica. O valor se refere a empreendimentos já planejados e anunciados anteriormente, sendo 81 bilhões de reais gastos até 2018 e 105 bilhões de reais a partir de 2019. Do total, serão 116 bilhões de reais para geração e 70 bilhões de reais para transmissão de energia.

Esses investimentos representam um implemento de geração de 25.000 megawatts (MW) a 31.500 MW, além de 37.600 quilômetros em novas linhas de transmissão. Os investimentos fazem parte do Programa de Investimento em Energia Elétrica (PIEE), lançado nesta terça-feira, pela presidente Dilma Rousseff e pelo ministro das Minas e Energia, Eduardo Braga.

O programa é um combinado dos investimentos já anunciados pelo setor elétrico para os próximos anos. Segundo o ministro, o PIEE tem o objetivo de mostrar que o planejamento de longo prazo do setor elétrico é “vitorioso” e terá continuidade. “Estamos conseguindo superar os desafios que a natureza e as circunstâncias colocaram à nossa frente”, completou em referência à crise hídrica e energética.

De acordo com vídeo institucional apresentado no início da cerimônia, o objetivo do programa é manter a matriz energética limpa e a custos declinantes, para que os custos da eletricidade 2018 cheguem a patamares compatíveis com o mercado internacional. Braga destacou um dos desafios do programa é ter mais fontes renováveis de energia na matriz brasileira. “Vamos avançar para promover a competitividade necessária para nossos produtos”, afirmou.

Entre as hidrelétricas a serem contratadas até 2018, o governo voltou a citar a Usina de São Luiz do Tapajós, com capacidade de 8.040 MW, que ano após ano não consegue entrar nos leilões do setor devido às dificuldades de obtenção de licenciamento ambiental. Outra usina listada na região Norte, no mesmo rio, é a usina de Jatobá, com capacidade de 2.328 MW. Já a região Sul, conta com cinco usinas pequenas: Ercilândia (87 MW), Foz do Piquiri (93 MW), Paranhos (67 MW), Telêmaco Borba (118 MW) e Apertados (139 MW).

Leia mais:

Mesmo em meio a crise energética, governo desliga 21 térmicas

Bandeira tarifária já elevou contas em R$ 2,4 bilhões

Bandeira tarifária deve continuar vermelha em agosto, diz diretor da Aneel

(Com Estadão Conteúdo)