Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Governo alemão prevê mais cortes para 2014, diz jornal

Segundo Rheinische Post, cortes serão da ordem de 5 a 6 bilhões de euros para reduzir a zero o déficit orçamentário alemão

Por Da Redação 4 jan 2013, 07h57

O ministro alemão das Finanças, Wolfgang Schauble, prepara novos cortes de um montante de 5 a 6 bilhões de euros para reduzir a zero o déficit orçamentário da principal potência econômica europeia em 2014 , afirma nesta sexta-feira o jornal local Rheinische Post, citando fontes ministeriais.

Um integrante do partido conservador CDU, no poder, confirmou estes planos ao jornal. “Se quisermos reduzir a zero em 2014 o déficit estrutural, teremos que fechar um buraco de cerca de 5 bilhões de euros. E isso só será possível com novos cortes de gastos”, disse Michael Meister, vice-presidente do grupo do CDU no Bundestag (Câmara Baixa do Parlamento Federal).

Os cortes afetarão todas as áreas, de acordo com a publicação. O governo da chanceler Angela Merkel prevê um déficit de 8,8 bilhões de euros em 2013, que corresponde a 0,34% do PIB alemão.

Leia também:

Desemprego na Alemanha sobe pelo 8º mês consecutivo

Alemanha mantém baixo crescimento no 3º trimestre

(com agência France-Presse)

Continua após a publicidade

Publicidade