Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gol vai eliminar 2.500 postos de trabalho em 2012

Companhia justifica previsão com o argumento de que é preciso se adequar à "realidade de mercado"

A Gol informou nesta terça-feira que deve eliminar neste ano cerca de 2.500 mil postos de trabalho. “A Gol informa que, para adequar-se à nova realidade do mercado, manter seu plano de negócios disciplinado e a sustentabilidade de sua operação, entre janeiro e dezembro deste ano estima reduzir cerca de 2.500 postos de trabalho”, informou em nota. Na manhã desta terça-feira, o Sindicato Nacional dos Aeronautas havia contabilizado 84 demissões na empresa somente entre pilotos.

A afirmação foi uma resposta à solicitação para esclarecimento sobre novas demissões na empresa. Na nota, a companhia reiterou que a redução é composta por cortes, congelamento de vagas e não reposição do “turn over” natural da empresa.

Desde janeiro, a Gol já eliminou cerca de 1.200 vagas, principalmente de pilotos e comissários de bordo. De acordo com o relatório divulgado pela empresa referente ao fechamento primeiro trimestre deste ano, o número de funcionários totalizava ao final de março 20.548, sendo 18.805 da Gol e 1.743 da WebJet.

Em 2011, a empresa já havia anunciado um plano de demissão de mais de 1.000 funcionários para os 12 meses seguintes. Contudo, os resultados ruins persistiram na empresa e fizeram com que o plano de demissão e os cortes de voos fossem ampliados.

Leia mais:

Kakinoff deixa mercado de luxo para entrar em setor espinhoso

Após ano conturbado, Gol tenta se reerguer

Gol tem prejuízo de R$ 41,4 mi no primeiro trimestre

(com Agência Estado)