Clique e assine com 88% de desconto

Gol passa a cobrar tarifa para marcação antecipada de assento

Nova categoria de bilhete promete preços menores, mas não permite reembolso e cobra taxa de R$ 50 para antecipar voo

Por Da Redação - Atualizado em 22 fev 2018, 13h36 - Publicado em 22 fev 2018, 13h16

A Gol Linhas Aéreas vai passar a cobrar pela marcação antecipada de assentos em voos. Para clientes que comprarem bilhetes da tarifa light, será cobrada uma taxa de 10 reais. Quem comprou passagem da tarifa promo pagará um adicional de 20 reais para reservar o lugar no voo com antecedência.

Segundo a empresa, a cobrança será feita apenas para marcações realizadas antes do período de check-in – que começa de sete dias a 45 minutos antes do voo. Para passageiros das categorias tarifárias max e plus, não haverá cobrança de taxa para reservar assento.

A novidade faz parte do lançamento da classe tarifária promo, que, segundo a Gol, tem preços até 30% menores que a menor tarifa anterior, a light.

Apesar da promessa de ser mais barata, as passagens da tarifa promo possuem uma série de restrições e cobranças adicionais. Nessa categoria não é permitido fazer antecipação de voo no mesmo dia da viagem, por exemplo. Somente passageiros das categorias max e plus podem fazer a antecipação no mesmo dia sem custo. Os da tarifa light precisam agora pagar uma taxa de 50 reais.

Publicidade

No caso de alteração ou cancelamento do voo, os clientes da tarifa promo terão de pagar uma taxa correspondente ao valor da passagem aérea. Nessa categoria e na light, não há gratuidade para embarque de bagagem. Esse benefício está incluído apenas nas classes tarifárias max (duas bagagens) e plus (uma bagagem).

As passagens light e promo também não são reembolsáveis. Com tantas restrições, o cliente precisa ter certeza que vai embarcar no dia e hora programado. Se não, o barato vai sair caro.

Publicidade