Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gol começará a voar dia 15 de dezembro para EUA

Empresa começou a voar para os Estados Unidos em junho, com uma frequência para Miami, em voos exclusivos para clientes Smiles

A Gol começará os voos regulares para Miami e Orlando, nos Estados Unidos, com hub em Santo Domingo, na República Dominicana, a partir de 15 de dezembro. As vendas de bilhetes já começaram. Os voos serão diários, partindo de São Paulo, Aeroporto de Guarulhos, para Orlando,e do Rio de Janeiro pelo Galeão, para Miami, com uma parada em Santo Domingo.

A Gol começou a voar para os Estados Unidos em junho, com uma frequência para Miami. A empresa realizou apenas cinco voos, todos exclusivos para os clientes Smiles. �São voos não regulares para atender à demanda do cliente Smiles. Eles são uma espécie de laboratório para a Gol�, explicou Vargas. �Existe na Gol uma iniciativa para avaliar voos regulares para o exterior.�

Essa é a segunda vez que a Gol tenta avançar no mercado externo. Uma das razões que levaram a empresa a comprar a Varig, em 2007, foi a operação internacional da companhia, que voava para os EUA e para a Europa. Mas, em 2008, as rotas para esses destinos foram canceladas e a Gol assumiu um foco no mercado doméstico. Hoje a companhia só oferece rotas internacionais de curta distância, principalmente na América do Sul.

O cenário do mercado brasileiro, no entanto, ficou adverso. A expansão da frota de Gol e TAM e a entrada de novos competidores, como a Azul, levou a um excesso de oferta no Brasil e à corrosão dos lucros. A Gol reagiu com a eliminação de voos não rentáveis. Em agosto, a oferta de passagens no mercado doméstico caiu 8,5% ante o mesmo período do ano passado. A suspensão de voos no Brasil favoreceu o projeto de voos internacionais do Smiles, por deixar aeronaves disponíveis para a operação, segundo Vargas.

(Com Agência Estado)