Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

GM: estoques equivalem hoje entre 33 e 35 dias

Por Da Redação - 6 out 2011, 14h35

Por Silvana Mautone

São Paulo – Os estoques da General Motors no Brasil equivalem hoje a 33 até 35 dias de vendas. O normal, segundo a empresa, é em torno de 30. “Devemos equilibrar os níveis de estoque até o final do ano”, disse Jaime Ardila, presidente da GM na América do Sul, durante encontro com jornalistas da região.

Segundo ele, a valorização do real, assim como o custo Brasil, como os custos trabalhistas e impostos, fizeram com que as exportações da unidade brasileira caíssem de quase 120 mil unidades por ano, para algo em torno de 80 mil. “Tivemos um recuo em torno de 30%”. disse.

Hoje, de acordo, com Ardila, a GM Brasil exporta para o México, a Argentina, África do Sul, o Chile, Uruguai e Paraguai. “Paramos de exportar para os países Andinos, como Colômbia.” O executivo informa que para esses países a GM está trazendo veículos produzidos pela empresa na China. Ardila disse que, por enquanto, não há planos de importar veículos chineses para o Brasil e a Argentina.

Publicidade