Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

GM diz que chave de ignição com defeito foi fabricada na China

Falha está ligada ao recall de quase 3,4 milhões de veículos, anunciado em 16 de junho

A General Motors (GM) informou que a chave de ignição com defeito ligada ao recall de quase 3,4 milhões de veículos foi fabricada na China. A montadora norte-americana afirmou, em um documento enviado na terça-feira aos reguladores de segurança dos Estados Unidos, que a chave utilizada nos modelos convocados em 16 de junho (Chevrolet Impala e Monte Carlo, Buick LaCrosse e Lucerne, e Cadillac DeVille e DTS) foi produzida pela empresa Dalian Alpes Electronics.

O problema da chave de ignição é semelhante ao defeito ligado ao recall de 2,6 milhões de veículos Chevy Cobalt, Saturno Ions, dentre outros, que envolveu pelo menos treze mortes e resultou em uma multa recorde de 35 milhões de dólares e inúmeras investigações federais e estaduais. Em ambos os casos, a chave pode ser alterada da posição de “mover”, o que pode afetar a direção hidráulica, freios e airbags.

Leia mais:

GM anuncia recall do Camaro no Brasil e nos Estados Unidos

GM admite que atuou de forma ‘inaceitável’ ao ocultar defeito

Ao contrário do recall anterior, entretanto, a GM disse que desta vez as chaves não precisavam ser substituídas, embora estejam ligeiramente abaixo da especificação da empresa para o torque, ou seja, a força necessária para mover a chave da posição de funcionamento. Em vez disso, a montadora comunicou que vai substituir ou reformular as peças para evitar que um chaveiro balançando deslize para o lado e puxe a chave de ignição, tirando-a da posição de “mover”.

(com agência Reuters)