Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

GM anuncia recall de mais de 4 mil Chevrolet Camaro

Foram convocadas unidades fabricadas entre 2010 e 2014, devido a problemas na chave de ignição. Falha pode provocar parada repentina dos veículos

A General Motors do Brasil anunciou nesta sexta-feira o recall de 4.735 Chevrolet Camaro, devido a problemas na chave de ignição. Segundo a montadora, o contato do joelho do motorista com a chave pode fazer com que ela gire no sentido anti-horário, ocasionando o desligamento e a parada repentina do veículo, com risco de acidentes e lesões graves aos passageiros e a terceiros. A operação envolve unidades fabricadas entre 20/7/2010 e 1/6/2014, com números de chassis de B9110300 a E9318718. A substituição da peça com defeito será gratuita, com tempo de serviço estimado em trinta minutos.

A GM recomenda que, até ser feito o conserto, é necessário posicionar o banco do motorista de modo a evitar a proximidade do joelho com a chave de ignição. Para verificar se o veículo está envolvido no recall, os proprietários devem entrar em contato com a Central de Relacionamento Chevrolet, no número 0800-702-4200, ou acessar o site da empresa. O atendimento e agendamento deverá feito pela rede de concessionárias e oficinas autorizadas da montadora.

Leia também:

GM detecta novos erros em peças para sistemas de ignição

Reclamações sobre carros da GM começaram há 17 anos

GM oferecerá US$ 1 mi para cada vítima de acidente por defeito na ignição dos veículos

Cenário – A GM anunciou em maio o recall de 2,4 milhões de veículos por causa de um problema no sistema de ignição que pode provocar o desligamento repentino do motor, também afetando o funcionamento do airbag. A falha causou pelo menos 53 acidentes na América do Norte, com a morte de treze pessoas, mas autoridades americanas estimam que o número seja maior. A montadora iniciou, assim, a produção de novos sistemas de ignição para substituir as peças com defeito e até agora consertou 406 mil carros.

Leia ainda:

GM diz que chave de ignição com defeito foi fabricada na China

GM anuncia recall de 3,36 milhões de carros nos Estados Unidos

GM admite que atuou de forma ‘inaceitável’ ao ocultar defeito