Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gleisi Hoffmann nega apagão aéreo devido à greve

Por Rosa Costa

Brasília – A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, garantiu hoje que, neste final de ano, não haverá apagão aéreo, por causa de greve dos aeroviários. Ela disse confiar nas previsões do ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt, quanto ao encaminhamento dado pelas empresas aéreas para impedir a paralisação dos aeroportos.

No entender da ministra, Bittencourt tem acompanhado a movimentação para a manutenção dos voos programados no País. “Nós temos conversado com as empresas e acreditamos que elas estão com programas para atender as pessoas nos aeroportos”, afirmou. “Acreditamos que não teremos problemas”. Gleisi Hoffmann falou aos jornalistas, após se reunir, no Senado, com o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). Na sua avaliação, ainda há margem para avançar nas negociações dos sindicatos com as empresas aéreas. “Acreditamos que tudo vai se resolver bem”, previu.

Gleisi negou que tenha tratado com Sarney da votação da Desvinculação de Receitas da União (DRU), aprovadahoje na Casa, ou de outra matéria de interesse do governo. Ela afirmou que procurou o presidente do Senado para agradecer seu empenho no encaminhamento das votações, sem citar nenhuma das propostas aprovadas este ano. “Vim fazer uma visita ao senador Sarney, ao Senado, para agradecer o empenho”, alegou. “Foi um ano importante e vim aqui trazer o meu agradecimento e o do governo”. A ministra negou que Sarney tenha lhe pedido apoio para nomear seu afilhado Allan Kardec Duailibi para a Agência Nacional do Petróleo, quando da saída de Haroldo Lima.