BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana
Continua após publicidade

Gleisi diz que Lula protegeu Haddad em fala sobre meta fiscal: “Sem drama”

Presidente disse que "dificilmente" o governo conseguirá atingir a meta de zerar o déficit fiscal para o ano que vem

Por Da Redação
28 out 2023, 19h44

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou neste sábado, 28, que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva “protegeu” o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ao reconhecer que não será possível cumprir a meta fiscal de déficit zero para 2024.

Em um café da manhã com jornalistas na sexta-feira, Lula disse que “dificilmente” o governo conseguirá zerar o déficit fiscal para o ano que vem. Essa meta estava prevista no Marco Fiscal e no orçamento de 2024, enviado ao Congresso. “Eu sei da disposição do Haddad, sei da vontade do Haddad, sei da minha disposição, mas queria dizer para vocês que nós dificilmente chegaremos à meta, até porque eu não quero fazer corte em investimentos e obras”, declarou. 

Em seu perfil no X (antigo Twitter), Gleisi defendeu o presidente e negou que ele tenha desautorizado o ministro da Fazenda. “O presidente Lula protegeu o ministro Fernando Haddad ao trazer para si a responsabilidade da política fiscal e reconhecer que o resultado primário zero será impossível para o ano que vem. Ao contrário do que falam alguns da mídia de que foi uma desautorização”, escreveu.

A deputada disse ainda que Haddad é “um grande ministro” e tem se empenhado, mas que “infelizmente” nem tudo depende dele e da equipe econômica do governo. Ela também aproveitou a oportunidade para alfinetar o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e destacou que a “criminosa taxa de juros mantida nas alturas” por ele é um grande obstáculo. 

Continua após a publicidade

O presidente Lula apenas assumiu que a realidade não permitirá o resultado almejado e, como um ponto importante de credibilidade, falou que a meta terá de ser reavaliada. É pura especulação a aposta de setores da mídia em uma reação negativa no Congresso. Ao contrário, quanto mais realistas as metas, menos complicadas ficam as negociações políticas. Sem drama, menos, a vida continua com a perspectiva de todos poderem melhorar”, concluiu Gleisi. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A melhor notícia da Black Friday

Assine VEJA pelo melhor preço do ano!

BLACK
FRIDAY

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana

a partir de R$ 1,00/semana*
(Melhor oferta do ano!)

ou

BLACK
FRIDAY
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

a partir de R$ 29,90/mês
(Melhor oferta do ano!)

ou

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas. Acervos disponíveis a partir de dezembro de 2023.
*Pagamento único anual de R$52, equivalente a R$1 por semana.