Clique e assine a partir de 9,90/mês

Gerdau-Sidenor conclui processo de integração e muda marca para Gerdau

Por Da Redação - 1 jun 2012, 07h36

Bilbao (Espanha), 1 jun (EFE).- As plantas e delegações europeias da multinacional siderúrgica brasileira que levavam a denominação Gerdau-Sidenor passarão a chamar-se a partir desta sexta-feira somente Gerdau com a supressão do nome da empresa espanhola, informou a companhia em comunicado.

Além das três plantas situadas no País Basco, no norte da Espanha, a siderúrgica brasileira tem fábricas também em Madri, Cantabria e Catalunha, e delegações comerciais na Alemanha, França, Itália e Reino Unido.

Sua capacidade de produção total supera o milhão de toneladas anuais de aços especiais.

Com a mudança de denominação, segundo assinalou a companhia, termina o processo de integração iniciado em 2006 com a compra das plantas do então grupo siderúrgico espanhol e o objetivo agora é constituir ‘uma empresa única e global’.

Continua após a publicidade

A Gerdau é líder na produção de aços longos na América Latina e América do Norte e um das maiores provedores de aços longos especiais.

Com 45 mil funcionários, opera em 14 países da América Latina, América do Norte, Europa e Ásia, e tem uma capacidade instalada superior a 25 milhões de toneladas por ano. EFE

Publicidade