Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gasolina sobe e diesel cai pouco depois de cortes nas refinarias

Enquanto a Petrobras reduziu os valores cobrados pelos combustíveis por duas vezes em menos de mês, a mudança nos preços não chegou ao consumidor final

O preço médio da gasolina subiu nos postos de gasolina – e o do diesel caiu menos que o previsto – após os cortes no valor cobrado nas refinarias pelos combustíveis. Segundo levantamento feito pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio da gasolina no país passou de 3,65 reais por litro na semana entre os dias 9 e 15 de outubro para 3,67 reais na última semana. Nesse período a Petrobras anunciou duas reduções nos valores cobrados por ela para o produto: de 3,2%, em 14 de outubro, e de 3,1%, no dia 8 deste mês.

A estatal estimava que as duas medidas poderiam fazer o preço nas bombas cair em 10 centavos por litro. No caso do diesel, os cortes foram de 2,7% e 10,4%, respectivamente, e a expectativa era de uma queda de 25 centavos. Entretanto, o preço do combustível, que no Brasil é destinado a caminhões e ônibus, foi de 3,00 reais por litro para 2,99 reais.

No anúncio feito em outubro, a Petrobras comunicou também que adotaria uma nova política de precificação, que levaria em conta fatores como os preços praticados no mercado internacional e a participação da empresa no mercado. O reajuste feito naquele mês foi o primeiro anúncio do tipo desde 2009. Embora o preço nas refinarias seja definido pela Petrobras, os postos de gasolina é que definem, livremente, quais os valores cobrados aos consumidores.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Democrata Cristão

    Sabe porque? Por causa dos impostos! Por causa do maldito Estado! No Paraguai a gasolina pura e cristalina sai por R$ 1,40. Reforma Tributária já!

    Curtir

  2. Governo por favor não baixe mais o preço do petróleo…pois cada vez que isso acontece, o preço nas bombas aumentam…!!!

    Curtir

  3. Névtelen Személy

    hahahahahah enganaram vocês é ? hahahahahaha

    Curtir

  4. Micky Oliver

    Infelizmente, no Brasil, tudo tem que ser controlado e tabelado! Não podemos deixar a mero prazer de empresários fdp!

    Curtir

  5. Cesar8002UTB

    A iniciativa privada resolve todos os problemas não é Reinaldo Azevedo?

    Curtir

  6. Tabelamento é receita medieval. Tem que quebrar o cartel e eliminar os políticos corruptos; se a eliminação não for pelas leis terá que ser feitas pelas mãos dos cidadões brasileiros

    Curtir

  7. Henrique Postal

    O governo já fez o “Tesouro Direto”, agora que faça o “Combustível Direto”, direto da refinaria ou da BR Distribuidora.

    Isso vai acabar com o cartel do oostos.

    Curtir

  8. Gustavo Henrique

    da gasolina eu não falo nada dado que tem a mistura do etanol, mas o diesel que não cai isso é a prova do nosso cartel de cada dia

    Curtir

  9. Ex-microempresário

    Corrigindo/completando, o diesel “no Brasil é destinado a caminhões e ônibus”… e aos ricos que podem andar de Pajero, Amarok, Range Rover e BMW X5. Os pobres tem que usar combustível menos eficiente e mais caro.

    Curtir

  10. Luiz Carlos Bittencourt

    setor cartelizado

    Curtir