Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Garoto-propaganda da Lupo, Neymar promove Blue Man em jogo

Marca carioca de trajes de banho presenteou a seleção brasileira com sungas estampadas com a bandeira logo antes do jogo

Por Naiara Infante Bertão 24 jun 2014, 18h53

Patrocinado pela Lupo desde 2011, Neymar foi recentemente alertado pela organização da Liga dos Campeões da Europa após ter usado uma cueca exibindo a marca durante um jogo do Barcelona. A propaganda deste tipo em campo é proibida pela UEFA, que organiza o campeonato. No jogo de segunda-feira contra Camarões, durante a Copa do Mundo, o atacante da seleção brasileira ostentou uma sunga da marca carioca Blue Man no intervalo da partida. Ao final, sem camisa e com o calção do uniforme caído ao nível dos quadris, o jogador deixou à mostra o presente que ele (junto com toda a equipe brasileira) havia recebido da Blue Man. “Foi uma aparição 100% inesperada. Mandamos uma sunga para cada um dos jogadores para dar sorte no jogo. A ideia foi da nossa diretora criativa, Sharon Azulay, que tem um amigo com acesso ao time”, disse ao site de VEJA Maria Dória, porta-voz da marca.

Leia também:

A ordem de Felipão para o Brasil não sofrer tanto: ‘Calma!’

Criado por Neymar, viral #somostodosmacacos ganha dois Leões em Cannes

A marca negou ter se tratado de uma ação de marketing, algo estritamente proibido pela FIFA, já que a Blue Man não é patrocinadora do evento. As compras nas lojas da marca após o jogo, no entanto, aumentaram – em especial as vendas on-line. “Houve alta principalmente na versão infantil da sunga”, disse a porta-voz. A empresa ainda não contabilizou as cifras que a aparição de Neymar rendeu, mas garantiu que não foi tão espetacular assim a ponto de aumentar as vendas de todos os produtos da marca, como biquinis, por exemplo.

Continua após a publicidade

Leia também:

Neymar dá show e Brasil segue adiante, apesar de sustos

Fernandinho transformou a seleção – mas não se garantiu

Felipão: ‘Agora já não podemos mais cometer tantos erros’

Brasil revê Chile em Minas. E vai aproveitar lições de 2013

A ideia da Blue Man de “dar sorte” à seleção pode não ter sido inspirada na própria Lupo, mas guarda similaridades. Em março, Neymar estampou a campanha de lançamento da “Cueca da Sorte” da Lupo, que possui roupas íntimas com acessórios como trevos da sorte em cores da bandeira do Brasil, numa clara alusão à ideia de dar sorte ao time brasileiro. Quem teve sorte, no entanto, foi a Blue Man. Questionada sobre a possibilidade de convidar o craque para ser garoto-propaganda da marca, a porta-voz desconversou e garantiu ainda que o preço do produto não vai subir após a aparição de segunda-feira. Vai continuar custando “apenas” 191 reais. “Seria deselegante fazer uma coisa dessas”, afirmou.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês