Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fusões e aquisições somam R$ 75,3 bi no 1º semestre

Montante é 17,8% inferior ao verificado em igual intervalo de 2010, diz Anbima

Os anúncios de fusões, aquisições, ofertas públicas de aquisição de ações (OPAs) e reestruturações societárias totalizaram 75,3 bilhões de reais na primeira metade do ano, montante 17,8% inferior aos 91,7 bilhões de reais verificados em igual intervalo de 2010, informou nesta quinta-feira a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

No primeiro semestre, foram registradas 73 operações, duas a menos que em igual período do ano passado. Apesar disso, “trata-se do segundo maior resultado da série observada desde 2006”, informou a Anbima por meio do seu boletim.

O número de negócios fechados teve expansão de 8,9%, com 47 operações realizadas. O volume movimentado também cresceu, passando de 48,1 bilhões de reais em 2010 para 52,4 bilhões de reais no primeiro semestre deste ano. O destaque do primeiro semestre de 2011 foi o segmento de TI/Telecom, que respondeu por 45,3% do volume das operações do ano, com movimentações da ordem dos 34,1 bilhões de reais e nove negócios.

O resultado foi garantido pelo maior número de transações no período e pela reestruturação societária das empresas controladas pela Telemar Participações, com cifra de 20,8 bilhões de reais, segundo a Anbima. Somada a ela, a incorporação da Vivo pela Telesp, por 11,3 bilhões de reais, e a aquisição de participação na Pride Internacional pela Ensco, por 5,5 bilhões de reais somente no país, integram a lista das dez maiores operações anunciadas no primeiro semestre deste ano.

Ainda, de acordo com o boletim, foi obtida queda no volume de negócios com valores superiores a 1 bilhão de reais. A fatia de representação dessas operações reduziu para 30% do volume total no primeiro semestre de 2011 contra os 20% vistos 12 meses antes. Do outro lado, cresceu a participação das transações inferiores à 1 bilhão de reais. Segundo a Anbima, das 73 operações anunciadas até junho de 2011, 58 tiveram cifra menor que 1 bilhão de reais. Destas, 51 apresentaram volume inferior a 500 mil reais.

(com Agência Estado)